Segunda-feira, 8 de Outubro de 2018

CRÓNICA DO NOSSO TEMPO ! * A Origem da Creche em Salvaterra de Magos

A CRECHE - UMA  NOVA FORMA DE AS CRIANÇAS,

 de origem pobre terem apoio na sua guarda e educação.

  Estávamos em 1997, no dia 8 de Agosto, o executivo municipal, presidido pelo Dr. José Gameiro dos Santos, tomou a deliberação de conceder um galardão municipal, pelo mérito à Paróquia de Salvaterra de Magos, através da sua Fábrica da Igreja.

 Um mês depois o povo estava presente e assistiu ao início da festa, pelas 10,30 horas, do dia 8 de Outubro, foi descerrada a toponímia “ Rua Centro Paroquial”, uma via de trânsito que passava também a dar acesso ao património da Igreja, a sua Creche social.

 

3 Sem nome.png

 

A  outra festa, foi já no grande auditório daquele nova obra destinada às crianças onde vários  convidados foram oradores, tomando a palavra, quando da entrega daquela medalha de Mérito, pelo executivo municipal de Salvaterra de Magos. O  Pe. José R Diogo, ao criar em 1947, o Centro Paroquial – uma obra da Igreja,  tinha um anseio além dos bairros, outras obras sociais, entre as ajudas, recebeu a importante oferta de terrenos, do  Dr. José de Menezes e sua família, e firma; Jaime Valente, representada por Manuel Silva Valente.

Naquela cerimónia o Pe. Agostinho Teixeira de Sousa, responsável pela Paróquia, lembrou a inauguração daquele Creche, em 19 de Setembro de 1979.-

 

Sem nome  51.png

  Foi distribuído um volume, editado pelo Centro Paroquial, onde descre o percurso da obra daquele sacerdote, chegada a Salvaterra em 1947, os seus colaboradores e direcções ao longo dos anos são lembrados ali nas suas páginas. A Direcção de Maio de 1978 a Março de 1980;

 Director; Pe. José R Diogo* Secretário; José R Gameiro* Tesoureiro; José Martins dos Santos, dá continuidade à construção dos Bairros Sociais (1), e inicia as obras da construção de uma creche e jardim-de-infância com capacidade para 145 crianças, com idades dos 3 meses à idade escolar,  lembrança feita no discurso do Pe. Agostinho, que não deixa de chamar o então colaborador daquele Centro Social, José Rodrigues Gameiro e lhe oferece;  Uma Medalha de Agradecimento, com um exemplar daquele livro com a dedicatória:

“Ao antigo Director; José Gameiro, pelo trabalho e zelo dedicado ao Centro Paroquial, e pelo seu gosto na preservação do património cultural de Salvaterra de Magos”

 – Com amizade * Pe. Agostinho de Sousa.

 

 A ORIGEM DO JARDIM DE INFANCIA, COM A SUA CRECHE

 Segundo alguns registos vem com a iniciativa do Pe. Oberlin, na França, em 1767, e cerca de meio século depois, surge, na Escócia o método do Infantário.

 Este sistema, depressa é adotado pela Alemanha, Inglaterra, EUA e o Brasil em 1900, vai usá-lo como Casa dos Expostos – casa onde eram deixadas crianças não desejadas.

 Na Europa, esta forma de guardar as crianças na sua infância, continua a evoluir enquanto os pais ocupam muitas horas do seu tempo no mundo do trabalho.

 

 

618 Rua Centro Paroquial 1997.jpg A educação Infantil e escolar das crianças, depressa passou a ombrear com os cuidados originais de infantário.

 O jovem Joaquim Gomes de Carvalho, nascido em 1909, na cidade de S. Paulo, no Brasil, filho de pais portugueses emigrantes, vem para Portugal, estudar medicina em Coimbra.

Naquela Universidade, novos ventos sopram no ensino da formação de educadores das crianças nos Infantários e Creches.  As  áreas urbanas,- núcleos habitacionais  proliferam na orla costeira de Portugal, e o campo já vai dando mostras de ficar deserto - nota-se a falta dos avós e tias para cuidar das crianças.  Gomes de Carvalho, já licenciado e casado com D. Mariana Calado, instala-se com consultório em Salvaterra de Magos.  Nas suas intervenções públicas, na deixa de manifestar as suas preocupações quanto ao atraso que se manifesta na vila, na área do desenvolvimento das crianças, como são a falta de um Jardim Infantil e uma Creche, e  nas páginas de algumas revistas e jornais, deixou escrito os seus desejos.

*José Gameiro

 *********

Nota:(1) – Com a instalação das famílias pobres nestes bairros sociais, foi o inicio de acabarem as barracas em Salvaterra de Magos.

 Faceboock - José Gameiro

Fotos do Autor

publicado por historiadesalvaterra às 13:28
link do post | comentar | favorito

.mais sobre o autor

.pesquisar

 

.links

.arquivos

. Outubro 2018

. Março 2018

. Fevereiro 2018

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Abril 2016

. Setembro 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Março 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Outubro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Dezembro 2010

. Outubro 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Abril 2008

. Dezembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

.tags

. todas as tags

.Outubro 2018

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
13

14
15
16
17
18
19
20

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30
31


.VISITANTES

blogs SAPO

.subscrever feeds