Terça-feira, 24 de Junho de 2014

INAUGURAÇÃO DA LUZ ELECTRICA - SALVATERRA DE MAGOS

 No ano de 1948, tinham passado seis meses.  A vereação municipal, reuniu no dia 25 de Junho, no salão nobre do município de Salvaterra de Magos. Naquele dia, na mesa para discussão os assuntos eram poucos, tal como acontecia todos os meses, no entanto o presidente da câmara, já tinha alvitrado aos seus autarcas, que ninguém falta-se, uma vez que tinha uma proposta de grande amplitude para o desenvolvimento do concelho, e que seria na sua sede o local do seu inicio.

 Havia algum tempo, que uma equipa de técnicos da H.E.A.A. (Hidro Elétrica Alto Alentejo), vinha esticando cabos, pelas ruas e Largos da vila. A Câmara, através do seu Zelador Municipal, José Miguel Borrego, deu trabalho a uma dúzia de homens da terra, que de pá e picareta na mão, lá abriam grandes buracos, onde eram colocados postos redondos de cimento, e uns outros mais estreitos com buracos, onde nuns e noutros eram colocados candeeiros, pelos eletricistas daquela empresa.

 

 

 O presidente abriu a discussão da câmara, com o assunto que à muito vinha “sussurrando ao ouvido” os amigos nos seus encontros de fim de tarde, na Loja do Zé Sabino.  Desvendou ali o seu “segredo” era marcar o dia da inauguração da luz elétrica na vila, com o programa festivo, sendo aprovado.

 

Naquele dia festivo de 28 de Novembro, as entidades oficiais, que foram convidadas foram recebidas pelos bombeiros e banda de Música nos paços do concelho. No salão da câmara, foi servido um Porto de Honra, que foi extensivo ao povo que os recebeu,  em frente aos paços do concelho.

 

   Uma hora depois da sessão solene, foi distribuído um bodo aos pobres, até ao valor de quinhentos escudos, suportados pela municipalidade, conforme constava no programa da festa.

 

 Com a presença dos bombeiros e da banda de música, na EN 118, junto ao Matadouro Municipal, uma cabina em cimento, construída pela Hidro Eléctrica, foi inaugurada, com grande salva de palmas pela multidão ali presente, passando a fornecer luz elétrica à vila de Salvaterra de Magos, eram onze horas da manhã.

 

 

 

    A direcção da Misericórdia local, também se preparou para tal novidade, visto que desde Janeiro, tinha feito um contrato no valor aproximado de 120 contos de réis, com uma firma de Lisboa, que instalou em todo o edifício do Hospital,, nas paredes e tectos, nova instalação para receber  eletricidade, visto que ultimamente era usado o petróleo, que  já uns tempos antes tinha substituído os candeeiros de carbureto, que se tornara insuportável no preço.

 

 

JOSÉ GAMEIRO

publicado por historiadesalvaterra às 23:37
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre o autor

.pesquisar

 

.links

.arquivos

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Abril 2016

. Setembro 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Março 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Outubro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Dezembro 2010

. Outubro 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Abril 2008

. Dezembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

.tags

. todas as tags

.Fevereiro 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
14
15
16
17
18

19
21
22
23
24
25

26
27
28


.VISITANTES

blogs SAPO

.subscrever feeds