Quinta-feira, 12 de Fevereiro de 2009

OS PARODIANTES DE LISBOA !!

 

O tempo passa, o ser humano vive de tudo, até de recordações!

 

As gerações nascidas depois daquele dia maravilhoso que, foi o 25 de Abril de 1974, vieram encontrar um tempo de liberdade, onde cada um pode exprimir os seus sentimentos sem repressão, desde que os mesmos não colidam com a liberdade dos outros.

 Decerto quererão saber quem foram os obreiros dos famosos "Parodiantes de Lisboa", uma equipa radiofónica, que sabia desafiar o regime com o seu humor,  fazendo os portugueses "encostarem o ouvido" à rádio portuguesa, durante mais de 50 anos.

 

Em Salvaterra de Magos, no início do século XX, existiam várias famílias com o nome de Andrade.  Numa dessas famílias um ramo genealógico tinha a  alcunha dos "Charutos" e nele nasceram três irmãos, sendo um o Fernando Filipe Andrade que, veio a casar com Zulmira Fernandes. Do casal, vieram à luz quatro rapazes e duas raparigas.   José Andrade (1920-2002) e Ruy Andrade (1921-2006), eram os mais velhos da prole. O pai Fernando Filipe Andrade, por volta de 1936/37, um dia estabeleceu-se na vila, na rua Machado Santos (antiga rua Direita), com uma pastelaria. 

 

 Uns meses depois, o espaço foi dividido e, nele se instalou-se o filho José Andrade que, entretanto já tinha aprendido o ofício de barbeiro.  O Ruy Andrade, ainda jovem foi de abalada até Lisboa, onde começou uma vida nos balcões das Lojas do Grandela e, o José  tempos depois também foi até á capital e, juntos começaram a fazer teatro amador.

 

Os Parodiantes de Lisboa,  nasceram em 18 de Março de 1947, depois do desaparecimento do periódio "A Bomba". Nos Parodiantes, deram colaboração desde a primeira hora, Eduardo Ferro Rodrigues,Santos Fernando, Mário de Meneses Santos, Mário Ceia, Manuel Puga, José Andrade, Ruy Andrade, entre outros.  Mais tarde, na Parada da Paródia, deram voz, Mary, Pouzal Domingues, Diamantino Faria, Pedro Moutinho etc.

 Para além da rádio, José e Ruy Andrade,  em 1974, transformaram a pastelaria "Sol da Leziria", que foi dos pais e onde  estes fabricavam e vendiam um apetitoso pastel.

Nasceu a "Cabana dos Parodiantes", os bolos passaram a ser comercializados  com o nome "Barretes" e depressa  ficaram famosos.

 Um outro descendente da família, Fernando Andrade, continua à frente da Cabana e, os  "Barretes", são agora uma especialidade de Salvaterra de Magos.

 

********

 Nota: Texto extraído do Livro Nº 38 da Colecção " Recordar, Também é Reconstruir!" * As suas fotos, estão no Flach fotográfico "Algumas Figuras Públicas - Do Autor.

 

JOSE GAMEIRO

publicado por historiadesalvaterra às 22:33
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre o autor

.pesquisar

 

.links

.arquivos

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Abril 2016

. Setembro 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Março 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Outubro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Dezembro 2010

. Outubro 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Abril 2008

. Dezembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

.tags

. todas as tags

.Fevereiro 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
14
15
16
17
18

19
21
22
23
24
25

26
27
28


.VISITANTES

blogs SAPO

.subscrever feeds