Terça-feira, 1 de Outubro de 2013

JOSÉ RAFAEL OLIVEIRA - o Zé Bêbado, uma figura Típica de Salvaterra

Homem meão, de corpo magrizela a denotar o peso dos seus 80 anos anos.
José Rafael de Oliveira, não será um icone da vila, mas é certamente uma referência, uma figura tipica, em Salvaterra de Magos. Pessoa simpática, sempre presente e prestável quando algum acontecimento doloroso acontece aos seus conterrâneos. Irmão de uma prole de oito filhos, que chegaram à idade adulta, filhos do que em jovem foi Marinheiro – Pedro Pinto e Custódia Rafael.

José Rafael, desde a sua juventude gostou do ciclismo e quer na companhia de um de amigos da terra, quer isoladamente entrava em provas de amadores, modalidade onde nos últimos anos a sua presença é conhecida e desejada, pela alegria imposta com o uso de um barrete verde – dos campinos do Ribatejo.

Sabíamos do seu gosto em colecionar calendários, de pendurar na parede, e todos os anos fazer uma angariação de fundos entre o comércio da terra, fazendo assim publicidade às mesmas, onde a imagem principal é a morte do Conde dos Arcos, uma pintura que mostra a tragédia do acontecimento em Salvaterra de Magos, no reinado de D. José, no séc. XVIII.

Um dia destes, lá vinha no seu transporte favorito – a bicicleta de corrida. Conversamos um pouco e nos recordou, este ano faço 70 anos que ando nas corridas.
Insistiu e porque estávamos a escassos metros do espaço, onde tem a sua actividade – Garagem e Reboque de carros. Subimos uma pequena improvisada escada, construída em ferro, que estava amovivel à parede. Num pequeno espaço de um sotão ali nos mostrou o seu MUSEU. Conforme nos mostrava este, aquele, aqueloutro objecto notava-se uma alegria no seu rosto, estava ali um mundo de recordações; centenas de medalhas, taças e fotos onde mostrava a sua participação em provas,

Entre alguns azulejos com fotos, mostrou-me um da pintura do que foi o paço real de Salvaterra – uma edição municipal.
Olha meu amigo, vou guardando isto é o meu entretém, disse!...
Fiz umas fotos do Zé bêbado (nome que é conhecido desde criança), no seu mundo de recordações e e à despedida – agora vou mostar a última novidade!
Lá me trouxe uma caixa, com pequenos objetos, eram miniaturas de barretes verdes com um cartão de visita da sua actividade e alusivos a Salvaterra de Magos.
Um dia, gostava que isto não se perde-se, que não fosse para o lixo disse-me à despedida. Assim, deixamos o nosso interlocutor, preso às suas recordações!.....


JOSÉ GAMEIRO
publicado por historiadesalvaterra às 20:00
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre o autor

.pesquisar

 

.links

.arquivos

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Abril 2016

. Setembro 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Março 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Outubro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Dezembro 2010

. Outubro 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Abril 2008

. Dezembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

.tags

. todas as tags

.Fevereiro 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
14
15
16
17
18

19
21
22
23
24
25

26
27
28


.VISITANTES

blogs SAPO

.subscrever feeds