Sábado, 19 de Janeiro de 2013

JOSE GAMEIRO - UM ESCRITOR DE SALVATERRA

 No passado dia 6 de Janeiro, fez 14 anos que o já desaparecido Jornal Vale do Tejo – JVT, com sede aqui em Salvaterra de Magos,  deu a noticia, inserindo um texto que o Departamento da Cultura da Câmara  Municipal, estava desenvolvendo um processo de pesquisa  para uma listagem de autores locais,  a pedido do Ministério da Cultura, para inclusão no Dicionário Cronológico de Autores Portugueses.

Nesse processo de recolha, fui contado, o que deu origem ao interesse do JVT, que aqui transcrevemos:

         

         

 

 “JOSÉ GAMEIRO NO DICIONÁRIO CRONOLÓGICO DE AUTORES PORTUGUESES”

 

“ O Departamento Cultural da Câmara Municipal de Salvaterra está a fazer  recolha da biografia e bibliográfica de escritores do concelho de Salvaterra, com publicações relacionadas com o concelho. Esta niciativa está a ser desenvolvida a pedido do Ministério da Cultura, cujo objectivo é editar o 6º volume do Dicionário Crononógico de Autores Portugueses. A Câmara, está, neste momento, na recolha destes  elementos, no entanto, ainda não está disponivel a listagem completa  dos escritores a integrar este Dicionário, segundo João Oliveira, do Departamento da Cultura da Câmara.  Entretanto, o JVT teve conhecimento que um dos contemplados na lista é José Rodrigues Gameiro, Secretário da Redacção do JVT. É natural de Salvaterra, que nasceu em 1944, e considerado uma figura carismátca da vila. Divulga, há 41anos, o concelho de Salvaterra. No seu percurso literário, tendo apenas a instrução primária, conta já com quatro obras escritas sobre Salvaterra de Magos, duas das quais editadas e esgotadas.  A sua vida tem sido uma incansável pesquisa autodidactica em prol do amor que tem pela descoberta da História, Sociedade e Geografia da sua terra.  O livro mais conhecido é intitulado “Salvaterra, uma vila no coração do Ribatejo”, já com duas edições esgotadas. Para além da literatura, este amável escritor foi, durante muito anos, colaborador activo em muitos orgão de comunicação social regional e nacional, tais como:  Aurora do Ribatejo,Diário do Ribatejo, Diário de Lisboa, Portugal Hoje, O Ribatejo, Correio da Manhã, Diário de Notícias, entre outros.  Uma outra sua paixão foi a columbófilia, desde muito jovem. Sendo também, esta actividade um motivo que prencheu, durante anos  páginas de jornais e revistas com artigos de opinião, sobre esta modalidade desportiva.  Neste momento, escreve  nas páginas do Jornal Vale do Tejo, crónicas sobre História de Salvaterra e também sobre Ornitologia. Tendo em 1991 fundado o Clube Ornotológico de Salvaterra de Magos (C.O.S.M.), dando a conhecer  o seu gosto pela criação e protecção das aves.  Contamos nas p´róximas edições dar conhecimento dos outros escritores que irão também constar da listagem a integrar o Dicionário Cronológico de AutoresPortugueses”.

 

Nota: Artigo publicado no JVT, dia 07 de Janeiro de 1999 – Pág. 1 e 2 edição – Ano VI Nº 158


Nota Inf. Os anos passaram, utilizando o meu blogue htt//:www. Historiasalvaterra.blogs.sapo.pt – site “Literatura”,  além do I Volume, da Colecção “Recordar, Também é Reconstruir”,  e o II volme, com os Cadernos (17-45), cujos originais foram depositados na Biblioteca Nacional. No mesmo formato digital (PDF), também publiquei os livros: História do Clube Desportivo Salvaterrense * Os Bombeiros Voluntários de Salvaterra de Magos e a sua Banda de Música * Subsídios para a História de Salvaterra de Magos, Séc.XII – Séc. XVIII (Colectânea Incompleta), I Parte * Subsídios para a História para a História da Tauromaquia em Salvaterra de Magos (séc.XIX, séc. XX, séc XXI) * Transcrição, do artigo “Homus Taganus” (Africanos em Postugal) da autoria do Dr. Corrêa Mendes e publicado no Boletim da Junta Geral do Distrito de Santarém – 1936 * Salvaterra de Magos – Vila Histórica no Coração do Ribatejo (3ª edição) * Clube Ornitológico de Salvaterra de Magos (COSM) – A sua História * A Transportadora Setubalense ( João Candido Belo & Cª Ldª) – Uma Recordação em Terras de Portugal * Àrvore Genealógica das familias “Bastos Ferrerinha e Lopes” * Arvore Genealógica das Familias: “Cantante, Silva, Neves, Travessa e Gameiro”

 

JOSÉ GAMEIRO

 

 

 

publicado por historiadesalvaterra às 15:44
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre o autor

.pesquisar

 

.links

.arquivos

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Abril 2016

. Setembro 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Março 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Outubro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Dezembro 2010

. Outubro 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Abril 2008

. Dezembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

.tags

. todas as tags

.Fevereiro 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
14
15
16
17
18

19
21
22
23
24
25

26
27
28


.VISITANTES

blogs SAPO

.subscrever feeds