Segunda-feira, 17 de Outubro de 2011

Largo Dr. Oliveira Feijão - ( Vrs Praça da República)

Era um vasto terreno, já tinha albergado os bonitos jardins do paço real de Salvaterra de Magos, conforme consta em diversas narrativas. Além de florido, também entre as suas árvores as Tílias, perfumavam os ares da vila, em dias de Primavera. Por volta de 1892, há muito que o edifício real e seu jardim, faziam parte das recordações, apenas por ali algumas árvores se mantinham de pé. Naquele ano os autarcas, remodelaram aquele espaço. Foi feita a construção da estrada para o Escaroupim, através de Trás-de-Monturos, que recebeu estacaria, e os lados - da capela e do câmara, as escadarias então existentes, deram lugar a vias para circulação de carros. O Largo, com algum arranjo deu lugar a um mercado diário e um espaço ajardinado, devidamente murado a meia altura e gradeamento em ferro, continuando ao fundo com as escadas de acesso à fonte. Àquela nova urbanização, foi dado o nome “Dr. Oliveira Feijão” O novo regime republicano de 1910, depressa limpou da vila, muita da sua antiga toponímia. Oliveira Feijão, deu lugar a Praça da República.
Sempre tive curiosidade em saber, quem foi Oliveira Feijão. Um ou outro documento, levava-me a que tinha sido condiscípulo de Gregório Fernandes, natural desta terra, juntos estiveram nos estudos de medicina. O nome também aparecia, em registos de convidados, nas ferras de gado bravo das casas agrícolas; Roquette e Roberto(s). Recentemente foi-me oferecido um livro, “A Freguesia da Várzea” (concelho de Santarém), pelo autor, por António Miguel Ascensão Nunes (José Varzeano), nele encontrei outras importantes revelações. Com a respeitosa autorização de (José Varzeano), muitos dados sobre Oliveira Feijão, aqui registo. • Francisco de Oliveira Feijão, nasceu em Almada, em 24 de Novembro de 1850, faleceu na Quinta da Mafarra, em 11 de Novembro de 1918. Completou o curso de medicina, em 1873, foi nomeado para o Banco do Hospital de S. José, em 1874, sendo director de enfermaria, no ano seguinte. Em Portugal, foi primeiro a fazer uma ovaritomia (um tumor no ovário), fez também operação da tiroidectomia. • Por Decreto de 1881, foi promovido a Lente, regeu as cadeiras de obstetrícia, de patologia e de clinica cirúrgica. Acompanhou os reis D. Carlos e D. Amélia, na viagem, que estes fizeram aos Açores, pois já era médico da Real Câmara. • Com a implantação do regime republicano, deixou de exercer a medicina e dedicou-se exclusivamente ao ensino e à agricultura. Como lavrador, foi na Quinta de Mafarra (Várzea de Santarém), que desenvolveu novas técnicas agrícolas, e com entusiasmo as ensinava às gentes do campo. Como político, foi deputado independente, defendendo a causa dos agricultores. No Congresso Vinícola, realizado em 1900, esteve presente em representação do Sindicato Agrícola do Distrito de Santarém. Em 1905, participou, noutros congressos, onde apresentou muitos estudos que fez sobre a Azeitona. Aproveitou a sua Quinta da Mafarra, para desenvolver estudos, especialmente nos ovinos, tendo esta espécie dado-lhe fama além fronteira. Sendo um poliglota, era no Francês e no Latim, que se sentia mais à vontade, para além da sua língua - a de Camões. Os jornais da época, não deixavam de acolher os seus abalizados escritos, tocando diversos temas na área da medicina, disso nos lembrou Virgílio Arruda. • Oliveira Feijão, sendo bom cavaleiro, não olvidava convite para uma ferra de gado bravo, de gente amiga do “seu” Ribatejo. Festejos empolgantes, que lhe faziam esquecer presenças vividas nos grandes salões, antes do Regicídio. Francisco de Oliveira Feijão, no seu tempo, não deixou de ter no campo da medicina, um espírito humanista, nunca recusando uma consulta graciosa, às gentes da Várzea, como consta nos arquivos antigos de uma farmácia da Vilgateira. Nota: Com tantos dados agora reunidos, faço pressunção que seja a mesma pessoa, caso contrário em devida altura, farei a devida retificação. JOSÉ GAMEIRO
publicado por historiadesalvaterra às 17:34
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre o autor

.pesquisar

 

.links

.arquivos

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Abril 2016

. Setembro 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Março 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Outubro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Dezembro 2010

. Outubro 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Abril 2008

. Dezembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

.tags

. todas as tags

.Fevereiro 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
14
15
16
17
18

19
21
22
23
24
25

26
27
28


.VISITANTES

blogs SAPO

.subscrever feeds